segunda-feira, 31 de maio de 2010

Sinto falta de ti

.
.
Sinto falta de ti
do riso pelas tardes
(a tua boca um sol)
do sabor a maçã
(a tua língua um beijo)
do cheiro a malvasia
(o teu corpo um perfume)
do segredo de ficarmos calados
suspensos num olhar
a acender o rosto
a devorar a boca
a incendiar o corpo.

Maria Aurora de Carvalho Homem
in Discurso amoroso

.

Um comentário:

Valter Montani disse...

que o fogo da paixão jamais apague
e que não haja ao corpo alguém que lhe afague.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails