domingo, 28 de novembro de 2010

Tem muita coisa em mim que tem saudade



Tem muita coisa em mim
Que tem saudade

Meus pés, por exemplo,
Gostavam de brincar
Dentro da banheira com os teus

Meus olhos, sempre atentos,
Observavam os teus
Nos movimentos do amor

Tuas mãos, tão pequenas,
Tremiam e suavam
Na curva de minha cintura

São pelos pequenos momentos
Que a gente quase morre
Que intensamente vive
Que longamente espera

Cáh Morandi



2 comentários:

Reticências disse...

E quando você tem saudade até do que não viveu...

Bjo e boa semana...

Nilson Barcelli disse...

Mais uma excelente escolha.
Gosto do teu bom gosto.
Beijos, querida amiga.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails