sexta-feira, 10 de junho de 2011

Vem



Acabadas as palavras
arrumaremos os gestos e os corpos

Vem
espantar-me os fantasmas,
encher-me as noites
no cais de setembro
seremos barcos à espera de outros ventos

com o fogo ateado às velas
e esta (mesma) vontade de nos deixarmos arder

Carlos Alberto de Sousa Fernandes


Um comentário:

Tatiana Moreira disse...

Arder em brasa no fogo da paixão!
Eis o que o coração pede nesses dias frios!
Bela postagem!

Um abraço carinhoso

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails