quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Aspiro-te

.
.
(...)

aspiro-te
como se me faltasse o ar
e os perfumes dançam-me

qualquer coisa como uma droga bem forte
corpo e alma
rezam pequenas orações
gestos ritmados ao abraçar-te como que abraça
sonhos

(...)

Ana Mafalda Leite

.

Um comentário:

PÔESIA DO MUNDO disse...

Folr:

Pôetiza Amiga!

Venho lhe ofrecer o selinho do primeiro aniversàrio do Blog *Pôesia do Mundo*

Agradeço lhe todos belos momèntos de leitura que me prociona:
Os mèus melhores comprimèntos

Antònìo Manuel

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails