sábado, 26 de junho de 2010

.
.
Chá em chávena chinesa
lençóis de linho
jardins ingleses
sonatas em pianos tristes
damas trágicas

Dispenso o cenário da realeza
a nobreza inteira
se resume em uma criatura
- meu chá, lençol, jardim e sonata

O vento do desejo assola
meus pêlos e alma
secretos caminhos
em chama clamam:
o chá, o jardim e a sonata.

Bárbara Lia

.

2 comentários:

REGGINA MOON disse...

Flor,

Nossa!!Que lindoo...adorei essa postagem...lindo poema!!

Um grande beijo e boa semana!

Reggina Moon

Analuka disse...

Os poemas de Bárbara Lia são primorosos! Sugiro que publiques mais alguns. Beijos pintados!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails