terça-feira, 30 de agosto de 2011

Do amor quando se esvai



Das coisas
do amor
nada ficou

Quando
você me despe
nem nua
me sinto mais

Beth Almeida



2 comentários:

Tatiana Moreira disse...

Quando escoa as últimas gotas de algo bom que havia... Tudo parece perder o sentido!
Um abraço carinhoso

Cynthia Lopes disse...

linda escolha
gosto de poetas
que dizem na lata
que falam na cara
sem meias palavras!
bjs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails